LIVRO Sobrevivência e Crescimento de Ins-tituições de Ensino Superior PDF Moroni Kozoski

BAIXAR LIVRO ONLINE

Resumo

Observa-se que no Brasil existem cerca de 2,5 mil Instituições de Ensino Superior – IES, que comparadas aos mais de 5 mil municípios não parece um número tão grande, porém existe a concentração em grandes centros o que torna a concorrência muito grande.Paralelo a isto é oportuno observar que existe o interesse do Estado em am-pliar dos cerca de 15% da população com curso superior para o padrão mínimo atri-buído a países desenvolvido que é de 33% , conforme consta no Plano Nacional de Educação – PNE. Para atingir este pa-tamar já foram feitos muitos esforços, on-de podemos destacar : – incentivo para abertura de cursos em IES particulares , – criação do PROUNI e FIES ; – criação dos cursos superiores de tecno-logia com duração de até três anos – incentivo á criação de cursos a distância ; – criação da Universidade Aberta Brasileira – UAB, com custo zero para o aluno ; – permissão de capital estrangeiro na composição do capital social de Universidades brasileiras Porém apesar de todos estes esforços existe a limitação de alunos interessados e capacitados para cursar uma Faculdade e uma grande quantidade de vagas autorizadas não utilizadas. Pelo fato da educação ser um setor que depende de credibilidade, a forma de ampliar o número de alunos numa Instituição de Ensino Superior – IES é mostrando que existe uma tendência de continuidade, cresci-mento e destaque e que o tempo e dinheiro investido pelo aluno tende a ser multi-plicado. Este material versa sobre algumas formas de crescimento que podem ser uti-lizadas pelas IES para criar este ambiente de credibilidade e evolução, tais como : – criação de novas unidades ;- criação de novos cursos de Bacharelado ; – criação de novos cursos de Tecnologia ;- ofertar cursos Experimentais ;- implantação de cursos de mestrado; – criação de Centro Universitário; – credenciamento de EAD;- autorização de cursos á distância; – Pós-graduação Lato Sensu ; – cursos livres;- reforço no desempenho acadêmico (ENADE, IGC, CPC);- uso de centros de resultados ;- publicações .