LIVRO QUANDO DEUS ABRE AS PORTAS: Caminhos ficam visíveis PDF Marlene Passos

BAIXAR LIVRO ONLINE

Resumo

QUANDO DEUS ABRE AS PORTASCAMINHOS FICAM VISÍVEIS.Marlene PassosEsse é um livro emocionante de poesias e contos, ilustrados pela autora.“Entre o mistério do dia e o mistério da noite encontram-se o crepúsculo e a alvorada onde sol e lua conseguem eternizar o luminar da transcendência.”O escritor precisa conquistar à luz interior, harmonizar à inspiração e alimentar o conhecimento de cada passo da criação.É preciso imitir confiança ao leitor; para que o mesmo sinta-se curioso para querer viajar nas aventuras das páginas do livro.Conquistar não é uma tarefa fácil, porém as batalhas são muito gratificantes.Ao nascer e ao se pôr o sol mostram-se espetáculos diferentes, renovando-se entre os flashs de luz.Muitos falam em favor a igualdade, à autora prefere falar em respeito ao próximo, respeito a diversidade da natureza e à toda criação. Cada ser humano possui digitais diferentes, personalidades diferentes, são como os animais que as pintas, as manchas são também diferentes. As ondas do mar nunca são iguais, Deus é tão espetacular que fez cada ser único, mesmo sendo da mesma origem, espécie ou raça.QUANDO DEUS ABRE AS PORTAS…Muitas vezes focamos no dia a dia, na esperança por um trabalho, na esperança que as coisas mudem, nas contas a pagar, na viagem dos sonhos, no carro novo, mas dificilmente focamos naquele que não tem um teto, nos refugiados, naquele que tem menos que nós, o ego sempre em primeiro lugar. É preciso praticar o altruísmo, quando pensamos primeiro no próximo, depois em nossos desejos pessoais.As pessoas vivem carentes, tanto o rico, quanto o pobre, mas enquanto não entenderem que somente Deus poderá preencher o vazio e mostrar à direção, ficarão à deriva.Quando fechamos os olhos e conversamos com Deus, percebemos que ele está muito próximo, tão próximo que não enxergamos, apenas sentimos, que é o mais importante.Muitas vezes desejamos e pedimos apenas o que podemos tocar e esquecemos os sentidos prioritários que nos fazem refletir.Felicidade é paz de espírito, muitos sofrem horrores por deixarem a ansiedade tomar conta do momento, não conseguem entender que tudo passa. Não queiram o que não lhes pertence, seja no material ou no espiritual. Quem sabe amar, sabe respeitar, e não tem o outro como um objeto de posse. Deus nos fez livres e essa condição deve ser respeitada, ninguém é dono de outro ser humano, estamos nesse mundo para ajudar, aprender e ensinar, e quem não assimila essa missão, sofrerá mais por perceber que nada lhes pertence, a não ser, a si próprio.Quando Deus abre as portas, os caminhos ficam visíveis, mais claros e acessíveis.Não há sofrimento eterno, basta aprender, aceitar e cumprir as tarefas da vida.Sei que é difícil querer algo e não poder, mas tudo que nos afeta é de ordem material ou biológica, somos bem mais que isso, nossa essência é imortal. Feliz de quem aceita. Sei também que é muito complicado entender a morte, e por mais que se leia sobre o assunto, no momento a tristeza e o vazio toma conta. É preciso ter fé e compreender que o próprio Jesus ressuscitou para mostrar que a vida continua.Se Deus criou toda essa maravilha diversificada na terra, com certeza, nossa essência que é nossa vida, seguirá para além das estrelas, onde tudo é mais lindo e benéfico, claro que depende do merecimento de cada um. Na vida há a lei do retorno, por tanto façamos o bem para colhermos o que nos convêm. Boa leitura amigos das letras.