LIVRO Processos Decisórios: SIG / ERP; Controle Interno; Metodologia / Projeto / Sistema Decisão (UM Livro 1) PDF Antonio de Loureiro Gil

BAIXAR LIVRO ONLINE

Resumo

A parte Um do livro trata dos assuntos:– Utilizar as tecnologias de (1) “controle interno” e de (2) “sistema decisão” para gestão e operação do negócio (processo / produto de tomada de decisão) com melhor qualidade para decisão precisa / certeira quando da sintonia de metodologia de tomada de decisão com o sistema integrado de gestão (tecnologia SIG / ERP).– A variável “controle interno” não é “camisa de força lógica” para o trabalho do profissional “tomador de decisão”.– As variáveis “regulação do livre arbítrio tecnológico decisório” e “exercício do stress decisório com a tecnologia da informação (TI)” compõem o modelo de tomada de decisão na perspectiva do maximizar desempenho e do minimizar falha organizacional.– O modelo de tomada de decisão contempla a atuação de:1 — profissional tomador de decisão.2 — analista do sistema decisão.3 — analista do SIG / ERP.4 — auditor de negócio com TI.5 — analista de compliance.6 — profissional responsável pela metodologia da gestão e operação do negócio com TI.7 — profissional da alta administração.8 — profissional do conselho fiscal.9 — profissional do conselho de administração.– A metodologia “CCM; DEQ; SWOT; BSC; PMBOK; BIN / MARCA PRÓPRIA” na perspectiva da vertente “cultura / comportamento; risco; problema; estratégia; ação tática / projeto; reconhecimento / meritocracia” trabalha as variáveis “controle interno” e “projeto / sistema decisão”.– As médias, pequenas e micro empresas devem usar a lógica para tomada de decisão precisa / certeira com adequações funcionais para praticar a variável “governança da qualidade da sustentabilidade”.– A variável “contingência; incerteza; risco” trabalhada com as ideias da “recorrência”, “não recorrência”, “acaso” é de uso definitivo nos processos decisórios.– O “sistema decisão” é ferramenta para decisões inovadoras com opções, em “banco de dados decisão”, de decisões adotadas ou não para resolução do problema.– A “cultura organizacional” e o “comportamento profissional” são entidades definitivas para a qualidade da decisão e direcionam atividades exercidas por “profissionais intervenientes” e “stakeholders centrais” na perspectiva dos conflitos de interesse tratados pela teoria da agência.– O “projeto decisão” e as variáveis “controle interno” e “sistema decisão” como responsáveis pela ascensão técnica – operacional da plataforma tecnológica anterior para a plataforma tecnológica posterior do negócio com TI.– A qualidade do modelo do processo / produto decisório é alcançada com as variáveis:1 — “sistema decisão”.2 — “software SIG / ERP”.3 — “metodologia da decisão”.4 — “projeto decisão”.5 — “controle interno”.– A variável “controle interno”ou “sistema decisão” como ferramenta para tomada de decisão é exercida na perspectiva da variável “governança da qualidade da sustentabilidade” com foco em:1 — “governança” — transparência e responsabilidade no processo decisório e no produto – decisão com resolução com qualidade total do problema.2 — “qualidade” — explicitar que não há alternativa á decisão adotada com maior poder de tornar a organização melhor amanhã do que ela é hoje.3 — “sustentabilidade” — demonstrar que os recursos necessários ás funcionalidades da decisão / solução / resultado na amanhã estão hoje sendo preservados ou recuperados.