LIVRO Pastor Seja Feliz!: Como obter maior desempenho e qualidade de vida nesta tão importante tarefa designada por Deus? PDF Yuri Santos

BAIXAR LIVRO ONLINE

Resumo

Há muito tempo quando se falava em ministério pastoral, pelo menos na cabeça da maior parte dos membros da igreja evangélica se achava que não era necessário formar de forma didática o líder e que ele por ser chamado por Deus seria capacitado milagrosamente para a obra que executaria em nome do Altíssimo Deus.Atualmente se sabe que o treinamento é muito importante para qualquer ministro que desejar liderar o corpo de Cristo, pois foi necessário que o próprio Jesus treinasse seus discípulos para somente depois de aproximadamente três anos de aperfeiçoamento os enviar para as trincheiras missionarias. Na vida ministerial o obreiro enfrentará desafios diversos, precisa de preparo para iniciar sua missão.É de suma importância entender que liderar é cuidar de pessoas, ter habilidade para aconselhar, ouvir e até para se calar em determinadas situações. O ministro deve ter sua vida organizada juntamente com sua agenda, trabalhar na resolução de conflitos e nunca se esconder deles, deve priorizar acima de todas as coisas seu relacionamento com Deus, dentre outras prioridades que serão descritas neste trabalho. O pastor verdadeiro entende que quem é o dono das ovelhas é Deus e que ele irá um dia prestar contas por cada alma que o Senhor lhe confiou, por isso deve se dedicar para dar o seu melhor.O ideal é que se cumpra a vontade de Deus na terra por meio do pastor, da sua congregação e da cidade onde sua igreja está plantada, pois para isso que o Senhor tem levantado homens compromissados, amáveis, sóbrios e dedicados ao aprendizado e ao ensino.Construir um ministério pastoral sólido tem sido um grande desafio para os pastores. Este trabalho de conclusão de curso destacará as exigências que os pastores têm que atender na hora de alicerçar seu trabalho no Senhor. O papel do pastor no processo de estruturação do seu ministério é de suma importância para toda a congregação, para que a mesma tenha um bom desenvolvimento na hora de colocar em prática os ensinamentos do mestre Jesus.É necessário que o pastor identifique o chamado divino, para que tenha uma identidade de si mesmo. Com a finalidade de evitar fazer de qualquer forma a obra do Senhor, o pastor deve organizar sua vida em prioridades, colocando sempre em primeiro lugar seu relacionamento com Deus. Uma agenda bem arrumada e compromissos em ordem de urgência faz com que o ministro ganhe tempo para executar outras funções e quem sabe, até tirar um dia de folga.Esse livro é uma ferramenta que irá ajudá-lo a ter uma nova visão (muito mais otimista) de ministério pastoral.