LIVRO Mutações – e Amor PDF Rogerlando Cavalcante

BAIXAR LIVRO ONLINE

Resumo

A morte é sempre a mesma. A vida é que é mutante: corpos de tamanhos e formas diversas – ainda que de origem comum, quer se corra, nade ou voe. A cada explosão celular “se perpetua” o átomo primordial. Se somos pó das estrelas, há poesia na matéria – e a física comprova o enunciado bíblico: do pó ao pó. O poeta diz que “não” olha o instável presente – “aqui o céu”; não mira o futuro – “o horizonte”. Tampouco o que almeja – e não fita seu “ser interior” significa também que não olha o que, passado, o defina. Logo o poeta não olha o tempo que “é mutante”. Mas a vida, que é “mutações – e amor”.