LIVRO E se Dói em Quem Fica, Ninguém Se Apropria PDF Rogerlando Cavalcante

BAIXAR LIVRO ONLINE

Resumo

(…)a mais simples das vidas é tão complexa que a parte não dar conta do todo e o todo é de partes que se combinam em tantas variações que não se completam, ainda que complementares: “cada um”, “durante a vida se infinita”.(…)…Ademais, de um único episódio pode se ter inumeráveis versões. (…)E quem vive não se apropria de sua própria luz. Embora o poeta use os pronomes possessivos “minha” e “meu”, não se apropria do que projeta sua própria sombra, nem do que o assombra: a vida.